Rinoplastia – Cirurgia para Afinar o Nariz

Rinoplastia – Cirurgia plástica do nariz

A Rinoplastia remodela e diminui o tamanho do nariz

A rinoplastia é uma das cirurgias plásticas mais solicitadas para a correção do nariz, e não deixa cicatrizes ou sinais visíveis. Ela corrige anomalias funcionais e estéticas. A cirurgia consiste em harmonizar o conjunto facial, com procedimentos que promovem o aumento ou modelagem de forma, volume e ângulos existentes, de acordo com a necessidade de cada paciente.

O nariz tem um papel fundamenta para dar harmonia e beleza facial, ele complementa a forma da face e qualquer alteração da sua forma ou tamanho implica em grande mudança na estética do rosto.
Ele possui grande variação entre raças e indivíduos, nenhum nariz é como o outro, sendo uns maiores e outros menores. Alguns indivíduos possuem grande insatisfação com o seu nariz, por conta do seu tamanho ou forma que são apresentados.

Como é realizada a rinoplastia

Rinoplastia - Cirurgia Plástica do Nariz -Dr. Ícaro Samuel Cirurgião Plástico

Através da técnica de rinoplastia é possível fazer a correção estética do nariz, com o procedimento pode-se: aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, afinar as asas nasais e até diminuir a giba óssea, que os médicos chamam o “osso” ou “calo” do nariz.

A prática da rinoplastia é antiga. Foi desenvolvida entre o final do século 19 e o início do século 20. Obviamente, nos dias atuais, há um amplo conhecimento da fisiologia nasal, bem como da anatomia do segmento nasal. Com isso, há uma constante evolução das técnicas de plástica nessa região.

A cirurgia proporciona um aspecto bem natural, sem deixar aquela aparência de nariz operado.

Existem duas técnicas para a realização da rinoplastia: a aberta (exorrinoplastias) ou fechada (endonasal). Na técnica aberta é feita uma pequena incisão na base do nariz, entre as narinas, e na parte interna de cada narina. Na técnica fechada, há incisões apenas dentro das narinas.

Os pacientes procuram a cirurgia para fazer diminuição e remodelamento, mas há casos em que o paciente solicita o aumento nasal, através do enxerto de cartilagem, implante de próteses ou preenchimento no local. Para a diminuição do tamanho do nariz, são retiradas partes da cartilagem, ou é realizada a raspagem e o lixamento do osso.

A anestesia pode ser local com sedação, e o paciente deve permanecer com molde plástico ou de gesso sobre o nariz por 1 semana. A cirurgia dura de 1 a 2 horas podendo ocorrer edema na região do nariz e das pálpebras.

Exames necessários para a rinoplastia
Além dos exames necessários antes de qualquer procedimento cirúrgico (exames de sangue, avaliação cardiológica, dosagem de sódio, potássio, ureia e creatinina e coagulograma), pode ser solicitado também algum exame de imagem, como a tomografia computadorizada, para avaliar com mais detalhes a estrutura nasal. Nos casos em que estão associadas cirurgias funcionais, como a correção do septo nasal, serão necessários: raio-x da face e nasofibroscopia.

Pós-operatório

É normal apresentar inchaço e hematomas tanto na região do nariz, quanto na região das bochechas e dos olhos após a operação, principalmente se houve fratura nos ossos nasais. Isso, contudo, varia de paciente para paciente. Alguns pacientes sequer apresentam hematomas e outros ficam com a região logo abaixo dos olhos bem inchada e escura. Após uma ou duas semanas os hematomas desaparecem.

Para aliviar o inchaço o indicado é fazer aplicação de compressas geladas na. Em alguns casos, algumas sessões de drenagem linfática facial também podem ser recomendadas pelo cirurgião plástico para acelerar esse processo.

Por ser uma região delicada é recomendado ter alguns cuidados mais específicos para uma correta recuperação após a rinoplastia, como permanecer em repouso absoluto, por cerca de sete dias, mantendo a cabeça elevada e optar por alimentos frios e de consistência pastosa nesses primeiros dias, visando facilitar a mastigação.

Fale com o Doutor

Conheça a clínica. Esclareça suas dúvidas com o Dr. Ícaro Samuel.