Desvio de Septo e Rinoplastia

Desvio de Septo e Rinoplastia

Desvio de Septo e Rinoplastia

Dores de cabeça, nariz entupido ou com corizas constantes e dificuldades para respirar e dormir. Muitos desses sintomas costumam ser associados a casos de rinites e sinusites, mas muita gente não sabe que eles podem compreender um problema ainda maior.

O desvio de septo, ou irregularidade septo nasal, é um problema que afeta 30% dos brasileiros de acordo com a Associação Brasileira de Rinologia (ABR). Quem tem esse problema no nariz costuma reclamar muito do sofrimento ao expirar e inspirar o ar devido ao trauma que compromete a mucosa nasal e toda estrutura respiratória da região do nariz.

Por se tratar de um problema sério, procedimentos como a rinoplastia, são recomendados por médicos para trazer alívio a quem não consegue respirar direito por conta da dificuldade.

Mas o que é um desvio de septo?

Quando se fala em septo, é preciso relacionar a separação entre as duas narinas. Essa região é formada por alguns ossos tanto na parte de cima e de baixo da cartilagem. Toda a fossa nasal é revestida pela mucosa que também reveste todo o tecido do nariz.

O desvio de septo ocorre quando essa separação apresenta uma deformidade na sua posição, ela se desvia e pode ficar torta. Não que as duas narinas precisam ficar com uma perfeita simetria, mas o desvio do septo costuma causar um formato anormal que é aparentemente visível. Dessa forma, as narinas aparentam ter uma diferença de tamanho e isso prejudica a respiração, pois uma narina consegue absorver mais ar do que a outra.

Leia também [ Como saber se seu nariz está em harmonia com o seu rosto? 4 dicas simples ]

Como uma narina está sendo mais usada do que a outra, é muito provável ocorrer sangramentos pela força que a pessoa realiza para respirar. A corrente de ar aspirada pelo nariz se altera, causando inflamações ou infecções, como acontece com a sinusite.

Problemas em outras partes do rosto

O desvio de septo também pode problematizar outras regiões da face, especialmente o maxilar. Nem todas as pessoas fazem força para respirar, mas tentam puxar o ar pela boca.

A contração que se faz na boca pode alterar toda a região dos dentes e ainda prejudicar a força do maxilar. A arcada dentária pode ser prejudicada, o que significaria uma alteração também no formato e compressão entre os dentes.

A relação com a rinoplastia

 desvio de septo

Quem sofre com desvio de septo, é comumente indicado a um procedimento de rinoplastia. Por se tratar de uma reestruturação estética do nariz, o processo irá propor um equilíbrio às narinas e ao formato do septo, para que a respiração seja equivalente dos dois lados.

No caso da posição do septo, a rinoplastia costuma até fornecer a simetria que antes o nariz, caso não tivesse o problema, não tinha. Cerca de 80% das pessoas possuem um desvio de septo, mas numa posição que não prejudica a respiração. Caso esse limite ultrapasse, a rinoplastia reverteria o quadro em 100% de exatidão da posição da cartilagem.

A força da rinoplastia

A operação, que aparenta ser muito severa, não deixa cicatrizes ou marcas muito profundas no nariz. Os cortes do lado interior são precisos e atingem a região dos sulcos das narinas, o que proporciona uma melhor abertura do septo e não deixa nenhuma marca indesejável.

Mas é um processo longo. Geralmente, quem tem desvio de septo e faz a rinoplastia demora certa de 3 a 4 horas na operação para que a cartilagem seja totalmente reestruturada e na posição adequada.

Além de deixar o nariz mais afilado e com um aspecto harmonioso, a mucosa nasal não é eliminada e o tecido que reverte o nariz também não é comprometido. Mas com o passar dos anos, é comum que essa região fique mais frágil por conta da falta de estímulo de colágeno. Nesses casos, a rinoplastia não seria desperdiçada, mas se desejar, a paciente pode adotar outros métodos para que não haja nenhum problema.

De qualquer forma, o processo da rinoplastia não prejudica a morfologia do nariz por conta do desvio de septo. Pelo contrário, a operação oferece, além da bela aparência ao nariz, uma respiração mais saudável, com uma estrutura mais forte contra infecções ou inflamações e mais protegida contra qualquer sangramento ou ferimento que venha ocorrer por conta da força ao respirar. A paciente se sente mais tranquila e sem qualquer efeito colateral errado.

 

Give a Reply